domingo, 16 de dezembro de 2007


Relâmpagos

são luzes crianças

brincando de esconde-esconde

no escuro do céu.

3 comentários:

=================== disse...

Que maravilhosa surpresa, Mara! Teus poemas, tanta força e leveza ao mesmo tempo... Teu comentário, além de me trazer felizmente até aqui, também me deu alegria e algum alento. Obrigada.

=================== disse...

opa!
postei o comentário com meu outro login, mas para esclarecer: desaparência.

Bebel disse...

Que poema mais fofo, adorei!

Beijos