segunda-feira, 5 de outubro de 2009

ESTAÇÕES




Me ilumino de auroras

desboto em outonos

emudesço invernos

floresço primaveras

renasço em verões.

18 comentários:

Nydia Bonetti disse...

Somos todos cíclicos... De onde vem a força que nos move, e nos transforma? Bom te ver (ler)! Beijos

Mara faturi disse...

Saudades de vc moça,

talvez a nossa, venha do redemoinho de palavras, das dores e belezas da alma...
bjo

Karina, Nina, Ká, Kaká... disse...

Lindo, lindo!
:*

Karina, Nina, Ká, Kaká... disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá Mara! Eis que a boa filha retorna ao lar. O melhor, é que voltou bastante inspirada.

Belo poema. Pequeno na estrutura e gigante na profundidade.

Beijos,

Furtado.

A Moni. disse...

Uma vida pra cada estação.
Que haja em comum o sorriso...sempre!

Beijos, minha linda!!!
(* (* (* (a marca registrada! rs)

Fred Matos disse...

Mara,

Pra dialogar com o seu ótimo poema, deixo um meu antigo:

Fevereiro

no Natal
não me encanto:
ensimesmo-me.

não festejo
a alvorada
do primeiro
de janeiro.

espero o frevo,
fevereiro:
só então
meu calendário
novo ano revela
e revelo-me
inteiro.


Beijos

Graça Pires disse...

Um clima variado a passar pelo olhar...
Beijos.

BAR DO BARDO disse...

emudescer

ficar muda e descer

isso me interessa

as estações todas

síntese do haicai

namastê, mara!

Cynthia Lopes disse...

Florescida estás!
quero te ver sempre mais,
em versos e palavras,
em gestos e atmosferas.
Oh, flor, onde estás?
bjs,
Cynthia

Lúcia Bins Ely disse...

SIM,

a aurora nos ilumina

e o doce oficio do poeta

nos faz escutar... ler... escrever...

dos marósculos

seus ardores...

inventamos nas palavras
nossa nova civilização
(diga-se: sexualidade)

inventamos

mais sonoridade

nos nomes:

marul

luminescente

ARTICULAÇÕES DE NÓS ...
EM NÓS...

VALE POESIA!!!

Acaricio teus olhares no tempo...

luminiscentes estrelas marinhas...

marúsculo

a rodar

no ar da poesia...


com carinho nesta poética,
Lúcia.

paula barros disse...

E assim aprenderá a viver em todas as estações.

Bom ter me visitado, e melhor ainda poder está aqui.

bjs

Sidnei Schneider disse...

Mattina

M'illumino
d'immenso

-------

Manhã

Me ilumino
d'imenso!

Ungaretti

É isso aí, poetas
conversam entre si,
mesmo não se sabendo.

Bjs

Marcia Carneiro disse...

És uma estação de tudo. Tens o tempo das 4. E teus vagões estão abarrotados de poesia...

Roselaine Funari disse...

Mara,

Adorei ouvir teus poemas no Porto Poesia 3. É muito bom te encontrar sempre alegre. Até o teu blog tem uma ótima energia.

bj

Nuno G. disse...

lindo, simples, adorei...

(www.minha-gaveta.blogspot.com)

Ricardo Mainieri disse...

Parabéns querida poetisa-gateira.
Pelo poema e pelos haicais premiados no Pão e Poesia(este mundo internético é pequeno...)

Beijão.

Ricardo Mainieri

kevin21 disse...

Nike High Heels

Monster High Celebrities

Jordan Heels

Nike Dunk Sb High Heels Black And Pink

High Heel