sexta-feira, 22 de agosto de 2008





TAUTOGRAMAS





Todos

tensos

todo

tempo

tiros.





*2


Afago

anis

adocicado

abafo

amigas

amoras

amanhã

amantes.



*3



Vozes

vorazes

velozes

vermelhos

veludo

volúpia

vinho

vinhas...


13 comentários:

marcia cardeal disse...

LINDO LINDO LINDO. tá chovendo na ilha e eu vou ficar aqui dentro só olhando pra isso. um beijo

f@ disse...

Mto bonito...

des(a)fio
de(s)calço
danço

beijinhos das nuvens

JC disse...

Em poucas palavras e jogo que fez com elas deu-nos um post maravilhoso

Alexandre Henrique disse...

Belos Tautogramas, poxa estas palavras possuem um invólucro maravilhoso e esta forma de escrever revela o potencial delas. Sobretudo na sutileza de quem escreveu.
TVA -> De Todos a tiros, de Afago a Amantes, de Vozes a vinha.... revertendo não perde o sentido, bem escritos..
A foto bem descreve alguém no balanço em plena floresta, muitas coisas pra enxergar no preto e branco.
TVA-> Conflito encontra o fim, segredo encontra o encontro, entorpecimento gera desejo...
Mas estes Tautogramas são muito mais do que isto!
Adorei!

Alexandre Henrique disse...

Ah sim, é a minha gatinha a Mamu,obrigado pela visita.
Adorei o blog, surpresa digo eu! :)
Beijos,
Alex.

Dauri Batisti disse...

Tão bonito isto: escrever tantas coisas com tão poucas palavras.
Obrigado pela visita e comentário no essapalavra.
voltarei também.

Um beijo.

Fernando Rozano disse...

muita criatividade e belo encontro/jogo com as palavras. é para quem sabe...belíssimo. abraços, Mara.

Silvio Vasconcellos disse...

Lindo hai kai... Substantivos e adjetivos que se confundem...

Cynthia Lopes disse...

Oi, cheguei de viagem, meio assim tímida, re-visitando meus queridos e lhe vejo assim, como sempre, tão linda. Amei... um bjão querida e obrigada pelo carinho per semper...

CeciLia disse...

Mara
Sem saber o que são tautogramas (aliás, sou criança que quase nada de nada sabe e é tão bom que assim seja), adorei o ritmo, a regência, a régua lisa que explicita teus poemas. Beijos desde Fortaleza.

Renato de Mattos Motta disse...

vim ver
vibrei,
viva! viva!
viciei

Lívio Soares de Medeiros disse...

Sim, todos tensos. Mas há poesia lá fora. E aqui. E aí.

Priscila Lopes disse...

Muito bom, de se ler em voz alta.

Abraços, apareça no Cinco Espinhos!