domingo, 20 de julho de 2008




Dias nublados


a distância do azul


silencia


até o ron ron


dos gatos é diferente


nesses dias...


16 comentários:

compulsão diária disse...

Ai, lindo poema.
Eles gostam de nublado. Assim, traduzo o ron ron nesses dias.

Off-topic
Manu é igual ao Bernado.
Mara, levei um susto. Tõ passada.

marcia cardeal disse...

Domingo sonolento, poesia só espia. Beijo

Mara faturi disse...

Bernado?? então ele deve ser lindo, rs,rs...Por aqui está bem nublado hoje, Manu e Binha ficam mais instrospectivas ronronando em sons cinza pelos cantos do dia!
bjo "compulsivo";)

Rubens da Cunha disse...

fiquei triste.
lembrei do meu gato Osman Lins morto recentemente.
fiquei alegre.
o poema é lindo

f@ disse...

Belissimo ... excelente blog...parabéns e obrigado por teres visitado as nuvens ... como eu costumo dizer em dias de cortinados no céu o azul inspira os gatos que fazem os dias nu miados
vou levar o teu link para as nuvens e beijinhos

CeciLia disse...

Nos dias nublados
os gatos nos presenteiam
seus irisados olhos
solares.

Beijo, querida. A Manu é linda demais. Qualquer dia faço um post com um dos meus raríssimos street cats.(risadas) Aliás, as férias devem ter terminado e aquele café... pois é, né?!

william galdino disse...

Sem dúvida há algo de diferente nesse dias de nuvens e chuva, uma proximidade maior das coisas e das pessoas, acho que a água da chuva desfaz um pouco a pintura dos rostos e nos expõe mais.
Um poema sintese, um instante bem transposto pelos veros. Um bom perfume num pequeno frasco. até.

nina rizzi disse...

o azul
dias nublados
o silêncio
os gatos
: à cara minhas paixões

gostei demais daqui, mara. com certeza que volto. e obrigada pela visita :)

Fernando Rozano disse...

esses dias salvos pelo olhar, pelos olhares, e a suavidade quase silenciosa dos gatos. belo poema, Mara. meu abraço.

Renato de Mattos Motta disse...

é um ronron mais
pidão
de carinho,
que sem sol
e com um friozinho
eles ficam
que é um
meeeeeellll!

Renato de Mattos Motta disse...

Ah, sim!

um cafuné
na Manu

...e um beijo
pra ti

putas resolutas disse...

ah, gatinha, tens lindos versos!!
besos
líria porto

Cynthia Lopes disse...

Nestes dias nublados é bom ler poemas, os teus, os meus e de muitos outros... lindão o seu gato,
bjão querida

PALAVRAS&POESIAS disse...

Oi Mara! Vim retribuir a visita e adorei o Per Tempus e a poesia. Vou te linkar.
Beijocas da Ana Mello.

Camilla Tebet disse...

Dia nublado é peso difícil de carregar, doem as costas e dá vontade de sentar e nem pensar.

A Moni. disse...

Um espelho-poema. Também me vejo, às vezes, assim... E a ordem é cruzar os dedos, ajoelhar, fazer oferendas, o que for, pra que esses dias não se prorroguem, transformando-se em estações...